Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Dezembro, 2012

O que quero para 2013

PAZ, PAZ e mais PAZ...
Nunca esta palavra me fez tanto sentido. Anseio PAZ. Não que 2012 não tenha sido um ano bom. Foi... durante o primeiro semestre, porque o segundo foi de fugir. Durante este último ano que passou, entrou na minha vida (em Março) o ser mais fantástico que conheço: adotei a Nikita, a minha cadelinha que tem sido a alegria lá de casa - e concretizei um sonho muito esperado em Maio - o meu espectáculo "Nos Meus Sonhos" no Museu do Oriente. O que dizer destes últimos seis meses... muitas noites sem dormir com preocupações, ter de lidar com frustrações, desilusões e outros "ões" que nem vale a pena recordar.  Só posso dizer que foi difícil... em termos pessoais, emocionais e espirituais. Profissionalmente está a ser duro. Esta "crise" afectou MUITO toda a classe artística deste país. Pensei seriamente em desistir e ir embora mas... quem me conhece sabe que só me permito desesperar por uns momentos. Sim... desespero, choro, entro em depressão e …

Conferência "Cultura, Música e Dança Egípcia"

Conferência-Tertúlia - Dia 26 de Janeiro, Lisboa. Foi com imensa alegria que decidi convidar algumas das pessoas que mais acarinho no panorama da Dança Oriental em Portugal para um serão de CONVERSA, PARTILHA de ideias, perspectivas, experiências e - espero - novas direcções que conduzam ao crescimento desta Arte que nos une.
A Conferência-Tertúlia terá ENTRADA LIVRE e será dirigida por mim - partindo do tema: "Cultura, Música e Dança Egípcia" no passado, presente e futuro mas contará com a colaboração destes Artistas e amigos e do próprio público que é convidado a QUESTIONAR, PENSAR, SENTIR e SURPREENDER-SE connosco.
Lá os esperamos a todos para um chá quente e descobertas:
DIA 26 DE JANEIRO, DAS 18H ÀS 21H NA INIMPETUS (Lisboa (Rua de Campolide, 27 A - Lisboa) Telf: 213 157 815 www.inimpetus.org Para saber mais sobre os Artistas que participarão  na Conferência-Tertúlia:

*SobreSara Naadirah:
Sara Naadirah é bailarina, professora, coreógrafa e um dos nomes mais respeitados e conceit…

Feliz Natal 2012

Que este Natal seja diferente...

seja com menos prendas e mais Amor;

seja com menos risos forçados e mais Honestidade;

seja com menos barulho e mais Silencio;

seja com menos morte e mais Vida;

seja com menos infelicidade e mais Alegria;

seja com menos comida e mais Alma;

seja... seja... uma verdadeira Celebração com mais otimismo.

LISBOA - Aulas de Dança Oriental Jan.a Jul.13

Aulas de Dança Oriental - LISBOA Janeiro a Julho 2013
Novidade para todos que desejam aprender/redescobrirem-se com as minhas mágicas aulas de Dança Oriental: Para além das aulas nas instalações do Estudio Mahtab e Dança Livre,  estarei com uma nova turma de nível intermédio/avançado no:
Espaço DANÇATTITUDE (Travessa Escola Araújo 3ªA, Estefânia, Lisboa) www.dancattitude.com
Início a 8 Janeiro até final de Julho
Terças Feiras: Intermédio/Avançado – 19h30 às 20h30
Inscrição: 7,5€- para seguro
Mensalidade:30€

Como garantir a sua vaga: Envie um e-mail – saranaadirah@gmail.com , ou telefone-me (914258256) ou envie-me uma mensagem através do Facebook (procure Sara Naadirah) e indique os seguintes dados: - Nome -Idade - Morada e Código Postal - E-mail - Nº de telemóvel e Efetue uma transferência bancária (avisando-me de seguida que o fez) do valor da primeira mensalidade e valor da inscrição para o nib: BES - 0007.0271.00150604809.65


Regulamento: . qualquer aluno no seu primeiro dia de aulas terá de assinar a fi…

As Minhas Memórias - última parte - Arquitectura ou Dança?

Escolher entre a profissão académica e a profissão do coração, foi uma das decisões mais difíceis, se não, a mais difícil que tive de tomar até hoje. A escolha que acabei por seguir, não a decidi de um dia para o outro, demorei anos a perceber que um caminho, embora bem visto pela sociedade, me levaria á frustração e o outro, completamente mal interpretado, me desafiaria ao longo da minha Vida. Como todos sabem, segui o que o coração me gritava: Dançar.
Como todos os adolescentes, tive imensas dúvidas, principalmente a partir do 9ºano, do que queria fazer quando fosse adulta. Embora soubesse que a minha paixão fosse a dança, cresci a ouvir dizer que isso não era profissão, que a Arte em geral não enchia barrigas, não pagava contas e o pior: era mal visto. Desde a pintura, á escultura, ás artes gráficas, ao teatro, etc... não era um trabalho, era qualquer coisa... menos uma profissão digna. Todas menos Arquitectura. Como sempre percebi que não poderia seguir dança ( a clássica) pensei semp…

As Minhas Memórias Parte III - A Descoberta do Oriente -

A Vida ás vezes traz-nos surpresas que nunca imaginamos  nem nos nossos sonhos mais ousados.
Para mim, durante muitos anos, a dança resumia-se a uma única modalidade: o Ballet. E foi precisamente no último ano que fiz ballet e que iria desistir de dançar, que de repente ouvi uma música diferente...
Eu era recepcionista na escola de dança que frequentava: Academia de Dança de Lisboa (que infelizmente já não existe), e reparei, que nesse ano lectivo (Setembro de 2001) ia haver uma nova modalidade: Dança Oriental. Nunca tinha ouvido falar em semelhante dança, juro que não fazia ideia do que se tratava e só pelo nome não me suscitava nenhum interesse. Aconteceu que numa das vezes que estava na recepção, sem fazer quase nada, começou uma aulas da tal dança e oiço a música. Foi magia! Aquela melodia entrou em mim como um suspiro que fez com que acordasse de um sono profundo. Não sei explicar, mas aquele tipo de música era-me familiar, e ressuscitou-me de tal maneira que fui espreitar a aula.
C…

As Minhas Memórias - Parte II - O Ballet

Desde os quatro anos que danço e desde que fiz a minha primeira aula nunca mais parei!  Acredito que nascemos com certos dons e eu tive a sorte de descobrir o meu bem cedo... o dom de me expressar através da dança. Não tem sido um caminho fácil.  Pessoalmente, tem sido um processo que já vem de pequena e acho que vai continuar para o resto da minha vida. Tudo começou com o Ballet.  Eu simplesmente só não gostava desta dança, eu ADORAVA o Ballet, eu respirava Ballet, só pensava nisso. A minha obessessão era tão grande que pedia bonecas com temáticas de bailarina, compravam-me livros sobre a dança onde fica horas a ver as fotos dos bailarinos, tive uma verdadeira fixação por sapatilhas de pontas ao ponto de pedir a toda a gente que me comprassem umas mesmo ainda não tendo idade para usá-las, enfim... era o meu mundo e sempre desde pequena me lembro de dizer que queria ser bailarina. Como puderam ler nas "As Minhas Memórias parte 1" comecei cedo com as aulas no colégio que frequenta…

As Minhas Memórias - Parte I - O meu desejo de ser Bailarina

Não tenho muitas recordações da minha infância. O que guardo comigo são breves flashbacks de situações que de alguma forma me marcaram.  Em geral, posso dizer que os meus primeiros anos de vida foram excelentes! Era uma criança alegre que tinha a bênção de ter os meus pais junto comigo, que me proporcionavam uma mão cheia de mimos e atenções. Tive também uma ama, uma jóia de pessoa, que me mimava mais que os meus pais e, que cedo percebeu a minha “queda” quase obsessiva em gostar de ouvir música. Segundo me contam, gostava de toda a música para crianças, mas havia uma em especial que falava em camelos (não sei se se recordam), que simplesmente adorava (será que era uma premonição?).  Havia também um tipo de música ou melhor, um cantor que eu era completamente fanática. Imaginem qual? Não imaginam! Pois eu digo-vos, mas prometam-me que fica só entre nós! Eu por volta dos dois, três anos de idade era completamente apaixonada pelo Roberto Carlos!!! Pois é! Não se riam, por favor!!! Grandes …