sexta-feira, 27 de abril de 2012

Perguntas: quem foram os teus professores?

Frequentemente me perguntam-me com quem aprendi a Arte da Dança Oriental. 
Eu digo que a minha dança, já personalizada e com um estilo somente meu, é fruto da minha experiência de vida. TUDO contribui para o resultado final. Cada filme que vejo, cada livro que leio, cada fotografia que admiro, cada passeio, cada pessoa que se cruza comigo, etc... são fontes de inspiração para cada performance. 
Na minha dança há também obviamente, a influencia  de todos os professores/bailarinos com quem aprendi (e continuo a aprender) mas, há alguns que se destacaram no meu percurso pela sua genialidade, mestria, técnica, inteligencia, experiência e sabedoria.

Eles são:
- Joana Saahirah - a minha primeira professora, foi ela que generosamente me mostrou os alicerces desta maravilhosa dança. Foi graças a ela que tive a força suficiente para lutar pelo que queria e estar onde estou hoje. É uma lufada de ar fresco sempre que vou aos seus workshops e ainda hoje me inspiro sempre que a vejo dançar.


- Randa Kamel - uma das minhas bailarinas preferidas. Já tive o prazer de estar no Cairo a participar várias vezes em workshops dela onde passa uma técnica impecável. Ver as suas performances ao vivo é sempre uma fonte de imaginação.


- Dina - outra das minhas preferidas. O que tem de polémico, tem de genial. Já tive o prazer de vê-la ao vivo em várias ocasiões e de estar com ela em workshops onde aprendi imenso. Recordo uma ocasião no Cairo, onde me encontrava a fazer um curso intensivo, e ela dançou somente para nós, um grupo pequeno de estudantes. Aí pude VER o seu talento que mostrou divinamente, sem as suas características seduções e olhares.


- Raquia Hassan - é a mestre! Ainda hoje as correcções que me fez as lembro de cor e salteado. Excelente professora com olhos de lince...


- Dr. Mo Geddawi - mostrou-me como a D. O. pode ser simples mas poderosa. Como pode ser subtil mas elegante. Adoro-o, como professor e pelo excelente ser humano que é.


Mas, a minha maior fonte de aprendizagem é o próprio Egipto. As suas gentes, cores, cheiros, modos de vida, a comida, o Cairo, a música e a sua dança. Faço questão de ir á raiz desta dança que reflecte uma cultura muito particular. A meu ver, é impossível progredir na D. O. sem, pelo menos, ir lá uma vez e SENTIR aquele país. 
E como a minha dança reflecte a minha vida, simplesmente VIVO, e deixo que isso se transpareça sempre que faço um movimento. VIVER, é que tem sido o meu grande mestre.


terça-feira, 24 de abril de 2012

Apelo à comunidade da Dança Oriental em Portugal

Caros colegas e amantes da Dança Oriental:

Venho por este meio fazer-vos um apelo - VENHAM ASSISTIR AO MEU ESPECTÁCULO - e com esse gesto podemos mostrar aos mais preconceituosos, descrentes e principalmente aos senhores produtores deste país que:
. a comunidade de Dança Oriental no nosso país é unida para um bem maior;
. há um respeito entre os profissionais de D.O.;
. há sim publico interessado em pagar e assistir aos espectáculos de D.O.;
. a D.O. é uma Arte que merece ser respeitada;
. a D.O. merece e deve ser levada aos grandes palcos;
. há profissionais competentes e com talento para fazerem excelentes espectáculos;
. vale a pena investir em shows de D.O.

Seria uma HONRA ter-vos lá a todos a assistir a este meu espectáculo. Show este que, embora esteja a produzi-lo e a realiza-lo é para TODOS NÓS! É para abrir portas e caminho também para vocês, pois hoje sou eu naquele palco, amanhã podem ser vocês!!
Podem até não simpatizar com da minha forma de dançar, mas venham não só pelo o que referi mas também pelos colegas brilhantes que convidei (YOLANDA, CRIS, CAROLE, BALTAZAR e GRUPO de DANÇA). Dêem-me o prazer de vos ver sentados a apreciar boa Dança Oriental, independentemente de juízos, tal e qual como também vou e admiro todos os vossos espectáculos. 
Peço-vos também que incentivem os vossos alunos e conhecidos a irem ver este "NOS MEUS SONHOS"  tornar-se uma realidade que, sei que não é só um sonho meu. Ao irem assistir, estão a apoiar a Dança Oriental em Portugal, estão a mostrar que a união faz diferença para o bem desta Arte, estão a contribuir para que mais shows se realizem no nosso país.
Deixo-vos humildemente este apelo e convite.
COMPAREÇAM!!!


terça-feira, 17 de abril de 2012

Atarefada com:

. a minha cadelinha;
. preparação de meu espectáculo.

Realmente ando um pouco ausente do blog, mas não é por mal, é porque estas duas "tarefas" ocupam-me mesmo quase todo o meu tempo disponível.
A minha Nikita está super bem mas é traquina... tenho de andar sempre de olho nela para não me "comer" a casa e reclama sempre por mimos. Eu, como mãe babada não consigo resistir às investidas dela para os passeios (que adoramos), carência constante de caricias que me deixam completamente desarranjada, para a brincadeira - é incrível como está sempre disponível para a bola e a corda e claro não deixo - à boa maneira do meu mestre em psicologia canina Cesar Millan - aplicar-lhe disciplina e, noção de respeito pelo papá e pela mamã. 
Teria de criar outro blog para contar toda a minha experiência com esta maravilhosa criatura, é fantástico e é incrível o que ela me está a ensinar - sim! eles ensinam-nos não só valores mas, e principalmente, o que é AMOR verdadeiro e incondicional. Apesar de ainda ser uma bebezona, é uma companheira... para tudo!! Mas, apesar de tudo de bom que um cão nos traz, traz-nos também o sentido de dever e responsabilidade  Para mim, é um compromisso que tenho: ela dá-me tudo e eu dou-lhe parte do meu tempo e uma dedicação especial.

Também ando a mil a preparar o espectáculo que me está a tirar, literalmente, o sono. É sempre assim... invento, procuro, realizo, busco pelos meus sonhos mas, acho que sempre que o faço tira-me anos de vida. Não imaginam a pressão que tenho sobre mim especialmente com este show. Além de ter de lidar com toda a minha insegurança - sim!!! tenho inseguranças e muitas - tenho de garantir que todos os meus colegas e alunos convidados se sintam bem e preparados, que o publico delire (no mínimo) com o espectáculo e, e principalmente que consiga (e esse é o meu grande objectivo) mostrar aos mais cépticos e preconceituosos em relação à Dança Oriental, que, a que se faz em Portugal, é uma ARTE, ao mesmo nível de todas as outras danças e, que, há sim bailarinos/profissionais competentes e com talento no nosso país.
AJUDEM-ME AMANTES DA DANÇA em concretizar este "NOS MEUS SONHOS..." comparecendo no espectáculo, apoiando-nos e mostrando que este não é só o meu sonho, é de todos nós: ter auditórios cheios com espectáculos de DANÇA, onde os profissionais estejam unidos somente pelo AMOR a esta ARTE. Para que os produtores, empresários e todos que fazem a "máquina andar" percebam que é um excelente negócio investir na Dança e sim... na DANÇA ORIENTAL!!!!
Conto convosco!

terça-feira, 10 de abril de 2012

A minha família

Estão aqui os meus dois amores!!!
Hoje a bébé faz quatro mesinhos e amanhã eu o o meu marido comemoramos 12 anos de vida amorosa.
Esta é a minha família!

quinta-feira, 5 de abril de 2012