Avançar para o conteúdo principal

Atarefada com:

. a minha cadelinha;
. preparação de meu espectáculo.

Realmente ando um pouco ausente do blog, mas não é por mal, é porque estas duas "tarefas" ocupam-me mesmo quase todo o meu tempo disponível.
A minha Nikita está super bem mas é traquina... tenho de andar sempre de olho nela para não me "comer" a casa e reclama sempre por mimos. Eu, como mãe babada não consigo resistir às investidas dela para os passeios (que adoramos), carência constante de caricias que me deixam completamente desarranjada, para a brincadeira - é incrível como está sempre disponível para a bola e a corda e claro não deixo - à boa maneira do meu mestre em psicologia canina Cesar Millan - aplicar-lhe disciplina e, noção de respeito pelo papá e pela mamã. 
Teria de criar outro blog para contar toda a minha experiência com esta maravilhosa criatura, é fantástico e é incrível o que ela me está a ensinar - sim! eles ensinam-nos não só valores mas, e principalmente, o que é AMOR verdadeiro e incondicional. Apesar de ainda ser uma bebezona, é uma companheira... para tudo!! Mas, apesar de tudo de bom que um cão nos traz, traz-nos também o sentido de dever e responsabilidade  Para mim, é um compromisso que tenho: ela dá-me tudo e eu dou-lhe parte do meu tempo e uma dedicação especial.

Também ando a mil a preparar o espectáculo que me está a tirar, literalmente, o sono. É sempre assim... invento, procuro, realizo, busco pelos meus sonhos mas, acho que sempre que o faço tira-me anos de vida. Não imaginam a pressão que tenho sobre mim especialmente com este show. Além de ter de lidar com toda a minha insegurança - sim!!! tenho inseguranças e muitas - tenho de garantir que todos os meus colegas e alunos convidados se sintam bem e preparados, que o publico delire (no mínimo) com o espectáculo e, e principalmente que consiga (e esse é o meu grande objectivo) mostrar aos mais cépticos e preconceituosos em relação à Dança Oriental, que, a que se faz em Portugal, é uma ARTE, ao mesmo nível de todas as outras danças e, que, há sim bailarinos/profissionais competentes e com talento no nosso país.
AJUDEM-ME AMANTES DA DANÇA em concretizar este "NOS MEUS SONHOS..." comparecendo no espectáculo, apoiando-nos e mostrando que este não é só o meu sonho, é de todos nós: ter auditórios cheios com espectáculos de DANÇA, onde os profissionais estejam unidos somente pelo AMOR a esta ARTE. Para que os produtores, empresários e todos que fazem a "máquina andar" percebam que é um excelente negócio investir na Dança e sim... na DANÇA ORIENTAL!!!!
Conto convosco!

Comentários

  1. Adoro tudo que escreves . Es tao Humana simples e delicada ao mesmo tempo.
    Saudades

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

E assim Nasceu... uma MÃE.

Ela dorme profundamente. Está silencio e, só agora, passado oito meses desde o nascimento da minha filha é que consigo - FINALMENTE - sentar-me com calma ao computador e retomar o blog. Não escrevo desde Junho. Não consegui. Disse que o voltaria a fazer em Novembro passado... antes de ela nascer disse tanta coisa... pensei tanta coisa... e já se passou tanta coisa. Precisei de tempo. Tempo para criar alguma distancia e assim ter capacidade de raciocínio e destreza emocional para este post. É um texto que me é difícil, mas que me exigi escrevê-lo. Escrevo-o para mim, para recordar, arrumar pensamentos, acalmar sentimentos e para pôr em palavras como foi e como é esta minha nova vivência. Ao partilhá-lo espero que chegue ao coração de muitos e à alma de de quem é mãe.
Eu demorei 36 anos a querer ter um filho. Nunca entendi o tal "relógio biológico a dar horas"(aliás, ainda hoje não percebo o que isso é) e desejo de engravidar. Muito pelo contrario! Fugia "a sete pés" de…

O meu querido mês de Agosto

Há muito que não tinha umas férias tão revitalizantes como estas últimas. Eu adoro o mês de Agosto. Não só por começá-lo com o meu aniversário, mas porque também marca o inicio de uma nova etapa e um novo ano com mais desafios. Partilho convosco os meus pontos altos: . Dormi, dormi, dormi e... dormi! Consegui pôr o meu sono em dia, apesar de me levantar sempre cedo para ir para a praia ou simplesmente passear. Não há nada como dormir numa tenda com o meu marido e cadelinha rodeados de natureza e o som do mar, fazer grandes sestas ao som do vento a passar pelas folhas das arvores. É mágico... . Estar sempre com a Nikita na praia. É fantástico... o que me diverti e o que ela nadou!! Apesar de ter de andar quilometros para ir para um local da praia quase deserta, valia a pena estarmos sozinhos e completamente à vontade. . Ter desligado o telemóvel e pc! Dar só atenção ao meu marido e ele a mim... foi otimo... . Ter comido o que me apeteceu à hora que queria, sem o minimo de restrições! Que bo…