quarta-feira, 20 de junho de 2012

E assim foi o show...

Aqui ficam alguns dos comentários que ouvi:


"Foi o primeiro espectáculo de Dança Oriental que gostei do inicio ao fim!"
"Foi espetacular, super dinâmico e surpreendente."
"Nunca tinha visto Dança Oriental desta maneira, adorei!"
"Literalmente, houve um momento que não consegui conter as lágrimas de tanta emoção."
...etc...


E aqui deixo alguns dos momentos eternizados nestas fotos:












terça-feira, 5 de junho de 2012

SIM

SIM:
.posso dizer que realizei mais um sonho da minha lista (interminável). A primeira vez que visitei o Museu do Oriente, para ir assistir a um espectáculo, desejei lá fazer um meu. Três anos depois consegui que me aceitassem e, TENHO O ORGULHO DE DIZER QUE FUI A PRIMEIRA BAILARINA DE D.O. A PRODUZIR TAMBÉM O PRIMEIRO ESPECTÁCULO SOMENTE DE D.O. NAQUELE AUDITÓRIO.

SIM:
.ao contrário da opinião de muitos cépticos (que acham a D.O. uma dança de quinta categoria) engoliram em seco e admitiram que HÁ SIM BOA D.O. EM PORTUGAL. 

SIM:
.superei as minhas expectativas e FOI UM SUCESSO. Sala cheia e excelente feed back por parte do publico que me enviaram os maiores elogios.

SIM:
.consegui encantar, emocionar, divertir com a plateia toda a APLAUDIR DE PÉ no final.

SIM:
.tive CONVIDADOS EXTRAORDINÁRIOS E PROFISSIONAIS que me ajudaram a concretizar o meu sonho. Eles sabem o quanto lhes estou grata.

SIM:
. às quatro queridas alunas que fizeram um trabalho que me deixam muitíssimo babada... ADORARAM-VOS!

SIM: 
. ao apoio incondicional que tenho do meu marido e irmã que ME AJUDAM E SALVAM DE SITUAÇÕES quando eu mais preciso. THANKS!!!!

SIM:
. a todo o trabalho super profissional do Museu, DÁ GOSTO TRABALHAR COM GENTE SÉRIA.

SIM:
. A MIM PRÓPRIA, QUE ME ATREVO A SONHAR E A CONCRETIZÁ-LOS.

SIM:
. AO ORGULHO QUE SINTO DE MIM, MESMO COM MONTANHAS DE OBSTÁCULOS À MINHA FRENTE E COM TODA A INSEGURANÇA DO MUNDO, SIGO OS MEUS DESEJOS E VISÕES. Este espectáculo foi sobretudo para mim, para minha realização pessoal, para me divertir enquanto danço, para sonhar ainda mais!