Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Março, 2011

Ai Meu Deus!!!!

Vi um programa de televisão no outro dia, que me deixou completamente abismada, triste e desiludida. Era sobre a transformação de imagem de uma candidata que não se sentia bem com o seu corpo. Confesso que não tenho a mínima paciência para este tipo de programas mas, este em especial chamou-me a atenção. A candidata era uma, assim a apresentadora referiu, bailarina de dança do ventre. Bom... vi o programa e em todo ele o meu queixo foi caindo, completamente horrorizada com e principalmente, a ignorância e o imaginário estereotipado que os leigos na materia têm sobre esta dança e, pior ainda, os supostos profissionais na área mostram.
Primeiro que tudo tenho de esclarecer um ponto de uma vez por todas: não se chama dança do ventre, chama-se DANÇA ORIENTAL. Este foi o nome originalmente designado pela responsável da dança que todas nós fazemos hoje. Cabe a cada bailarina profissional e aluno/a saber isso e fazer questão de "educar" o publico.
Segundo:  Sendo esta dança um reflexo …

É sempre uma escolha...

Viver é também, saber escolher. Se analisarem, temos sempre duas hipóteses de "caminho": podemos seguir A, B ou até mesmo inventar uma C.   Na busca da opção racionalmente mais certa, pensamos demais, receamos demais, reclamamos demais, imaginamos demais, desencorajamo-nos demais, orgulhamo-nos demais! E se adicionássemos a voz do nosso instinto? Optamos ouvi-la, ou simplesmente cala-se num amontoado de sons externos, provocados já por uma formatação social estabelecida, óbvia e esperada? Eu penso que, é nas escolhas mais instintivas que fazemos no quotidiano, que nos torna pessoas mais felizes ou infelizes. Por isso: Eu escolho estar alegre, mesmo quando tudo esmorece. Eu escolho rir quando o cenário é para chorar. Eu escolho amar quando apetecia odiar. Eu escolho humildade quando o orgulho tenta prevalecer. Eu escolho ter esperança quando não parece have-la. Eu escolho não irritar-me quando me chateiam. Eu escolho falar mesmo quando me viram as costas. Eu escolho ir em frente mesmo que…

Beethoven, Symphony No 7, II Karajan, Berliner Phil

Beethoven... simplesmente genial!!! Cresci a ouvir musica clássica. Beethoven está no top dos meus compositores favoritos. Oiçam... respirando fundo, com os olhos fechados e sonhando...

És muito boa mas...

Um dia mais tarde, vou gostar de ler todos estes post aos meus bisnetos (sim, tenciono viver muitos anos). Estou mesmo a ver a reacção deles: "é pá... isto é mais uma caderneta de cromos, avó!" Pois é, tenho mais um "cromo" para partilhar, este foi dos melhores(?!) que me aconteceu...
Resumindo: Depois de várias pessoas terem recomendado o meu nome, um individuo (fazendo alusão ao último anuncio da MEO ;)))) contacta-me, querendo a minha actuação num evento. Falamos sobre o tal evento, ele diz-me o que pretendia (quantas danças, a que horas, local, adereços, etc...) e como é óbvio digo-lhe qual é o "orçamento". Senti logo um silêncio que, já não me é estranho... Acabamos a conversa, combinando que no dia seguinte me daria uma resposta a confirmar. Espero um dia, dois e ao fim do terceiro dia sem nenhuma resposta (pelo menos oficial), o meu instinto selvagem brota raivoso e... BOLAS!!!! Se me contactam a pedir, também podem contactar a dizer: "afinal, não…