quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Os meus "camarins"!!!

Eu devia fazer um álbum de fotos, ou melhor de cromos, dos diversos "camarins" por onde já passei. Eu nem sei se camarim é a palavra certa para espaços onde... cada um é pior que o outro!!!
O último cromo foi no passado sábado, onde fui especialmente convidada a dançar, para um grupo de pessoas num jantar de anos.
Comecei logo a rir quando me deparei (e mais uma vez) com um corredor para dançar. Quem me contratou garantiu-me que o restaurante tinha imenso espaço, pois sim... quem não dança decididamente não sabe o que é espaço para dançar. Enfim... véu e bastão só um cheirinho... e pensei logo: "imagino onde me vou vestir!!!"
Não, não imaginava...
Dirigem-me para a cozinha, onde tinha umas escadas íngremes, cheias de gordura, subo e vou ter a uma recadação tipo sótão, cheio de tralha, com um espaço livre que só dava para pousar a mala da roupa! E para completar o cenário, estava lá outra bailarina (a que dança nesse restaurante) também a vestir-se!!!!
Lá nos entendemos e nos ajeitamos com o pouco espaço, começo-me a trocar e percebo que tenho de que ter cuidado com os olhares dos cozinheiros, pois o nosso "camarim" não tinha porta!!!!
Desta vez solto uma gargalhada...
É indescritível os locais por onde já me troquei... só vendo mesmo, até numa tenda onde não dava para me por de pé!!!
Claro que já me habituei e agora decido rir das situações mais caricatas que vou passando... e se isso influencia a qualidade da minha dança? Não!!! Aliás quanto mais caricato, mais forte é a minha exibição. Quem está ali para me ver, não tem culpa das condições. Apesar e acima de tudo sou uma profissional e honro a Dança Oriental, sem desculpas!

1 comentário:

  1. Olá Sara :)
    decides rir e decides bem, assim é muito mais fácil lidares com isso.
    Guardas histórias para contares.
    Bj.

    ResponderEliminar