sexta-feira, 16 de julho de 2010

Ser bailarina também é... parte II

Não lamentar... porque quando se fecha uma porta, e erguemos a cabeça, não desesperando por ela se ter fechado, uma janela abre-se!
E vamos a saber mais tarde, que essa porta afinal era uma armadilha e a janela uma abertura para a luz...
Hoje de manhã adiaram-me um espectáculo fantástico que iria fazer no dia a seguir. Claro que fiquei desiludida, irritada, etc... mas não me deixei abalar por muito tempo e pensei: "se não foi é porque não era para ser, pelo menos agora!" e continuei a minha vidinha... à tarde recebo uma outra proposta para um outro show, para esse mesmo dia!
Ser bailarina também é esperar o inesperado! E que incrível que isso é!

Sem comentários:

Enviar um comentário