quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Elogiarmo-nos...

E porque não!?...
Porque não dizer que gostamos de nós... das nossas acções... dos nossos sonhos.
Porque não dizer isso mesmo ao outro.
Porque não elogiar as nossas colegas... a dança delas. 
Porque não apreciar o trabalho dos outros que também me inspira. Engana-se quem pensa que dançar é isolar-se no seu mundo. 
Para dançar é preciso ter inspiração e eu encontro-a nos mais diversos lugares, coisas e nas pessoas humanas e não humanas. As minhas colegas inspiram-me. 
Adoro assistir as suas performances, espectáculos e o que dizem. E, tenho a mania de elogiá-las e dar-lhes os parabéns quando realmente gosto do que fazem.
Aprecio a beleza, genuinidade e originalidade. Adoro ver coragem e determinação.
Gosto ver Bailarinas que saem da sua zona de conforto e testam limites. Testam-se a elas próprias e criam a sua beleza quebrando regras.
Gosto disso e faço questão, quando encontro isso, de dizer-lhes porque também sei que, às vezes, um feedback positivo sabe muito bem.
Elogiem-se... admirem-se... sem medo de dizer. É muito bom!



Sem comentários:

Enviar um comentário