quinta-feira, 6 de junho de 2013

Partiu... para um descanso mais que merecido

Hoje partiu, aos 94 anos, uma Mulher com letra grande. 
Um ser que soube ser mãe, esposa, avó, amiga dos seus amigos. Um ser que define o que é ser mulher.
Era a minha avó... uma das pessoas mais inspiradoras que tive a honra de conhecer e conviver.
Cuidou de mim nos meus primeiros dias de vida, quando a minha mãe recuperava de uma gravidez difícil e ensinou-me, através do seu exemplo, algumas das minhas maiores lições de vida.
Sou a neta fisicamente mais parecida com ela, mas herdei também a coragem e determinação que possuía sem nunca perder valores e generosidade. Embora nunca me tenha visto dançar, toda a minha dança é um reflexo da força que me passava.
Era uma mulher genuína como há raras hoje em dia... agora está a ter o seu descanso merecido. O seu legado continua vivo comigo e com a minha irmã que passará, de certeza, para os nossos descendentes.
Sei que olhará por mim onde quer que esteja porque, ao despedir-me dela, simplesmente sorriu-me, sem uma unica palavra. 
Um sorriso que ficou gravado na minha alma... esse sorriso foi mais que mil palavras... não foi  de choro ou tristeza... foi de esperança e sentimento de missão cumprida. 
Que sorte que tive de ter tido uma avó assim!



2 comentários:

  1. Querida Sara :)

    recebe o meu abraço grande e apertado.

    É sempre difícil dizer adeus. Espero que o consigas ir fazendo com a maior serenidade que te seja possível.

    Beijinhos doces,

    C.

    ResponderEliminar