quarta-feira, 18 de julho de 2012

Mais um ano que passou

A época 11/12 chega ao fim... o que dizer deste ano... foi simplesmente... invulgar. 
Aconteceu tudo o que NÃO tinha planeado.

Ora vejamos:
- adoptei uma companheira inseparável e muito adorada, a minha "Nikita" que me tem proporcionado experiências únicas;
- depois de dois anos sem produzir um espectáculo meu, lanço-me num que foi um sucesso num espaço muito sonhado. "Nos Meus Sonhos" no Museu do Oriente será recordado como um dos meus melhores shows e performances que fiz até agora;
- recebi nas minhas aulas dezenas de alunas. Umas vão outras vêem como um rio que vai passando por mim e todas me surpreendem... cada uma é-me uma lição de vida;
- este também foi o ano das "borlas", dancei muito para ajudar associações e projectos. Sinto-me muito bem em poder contribuir com o meu talento mas...;
- vivo não só espiritualmente mas também financeiramente da minha dança, e senti a mão pesada da "crise" que vivemos.  Não tenho emprego nem contrato, se danço recebo se não danço não recebo e, como houve pouca dança remunerada este ano... espero que melhores tempos venham...


A pantera negra que há em mim vai-se recolher... Tenho mesmo de parar. 
Muitos não entendem mas eu preciso de estar um mês sem dançar e sem ouvir musica árabeComo artista, preciso de me afastar das minhas próprias criações, para poder criar melhor.Tenho de sair de casa e ir para a natureza recarregar baterias, para depois poder voltar a inspirar quem se cruzar no meu caminho. Para poder ter forças e enfrentar o que me aparecer pela frente, pois não sei o que me espera no próximo ano... a pantera voltará... até já!!!

Sem comentários:

Enviar um comentário