sexta-feira, 14 de maio de 2010

Faz aos outros o que gostarias que te fizessem a ti!

Amanhã o meu marido e amor faz anos! Ele é mais velho que eu três meses. Há 10 anos que estamos juntos e daqui a uns dias celebramos três anos de casamento.
Ele não liga muito a comemorações, principalmente a dos seus anos, já eu ADORO festas e celebrações.
Acho que tem haver com o facto de a dança, ser uma Arte comemorativa, especialmente a Dança Oriental que era praticada em todos os actos religiosos e festivos.
Claro que não posso deixar passar os anos da pessoa que mais amo e meu fiel companheiro sem uma boa festa. Já preparei tudo e ele vai adorar!!!

Ao longo destes dez anos de namoro e casamento, fui-me apercebendo que não vale a pena esperar que o companheiro faça primeiro para eu depois também fazer.
Durante alguns anos imaginava cenários para comemorarmos datas especificas, e ficava na espectativa que ele fosse ao encontro desse meu imaginário e, realizasse aquilo que tinha sonhado. Claro que me decepcionava sempre! Nunca me proporcionava, ou melhor, recebia quase sempre um balde de água fria, pois o que ele preparava, não ia de encontro aquilo que eu tinha pensado, e durante muito tempo culpava-o de não ter imaginação, de ser acomodado na relação, ficava amuada, etc... devem conhecer bem estes cenários!
Ele por sua vez, dizia-me: "se querias isto, porque não me disseste? Eu não adivinho!!!" E eu, tão egocêntrica, não conseguia perceber que ele, realmente não adivinha o que vai na minha cabeça... até que cheguei à conclusão que o meu Amor é uma pessoa diferente de mim, com ideias diferentes das minhas, com gostos diferentes dos meus... e como é óbvio não pode acertar naquilo que imagino pois ele não está dentro da minha cabeça, e olhem que eu não sou fácil de entender!!!
Aquilo que nos dizem, que num amor perfeito, a outra pessoa sabe sempre o que vai na nossa cabeça, pois ama-nos tanto que nos conhece tão bem, que lê os nossos pensamentos, é uma grande TRETA!!!
Uma pessoa quando ama conhece sim a outra, mas não é bruxo!
Nós mulheres e, falo por mim, crescemos a ouvir as histórias da "Bela Adormecida", "Branca de Neve", "A Bela e o Monstro" ( o meu conto de eleição, vi este filme da Disney umas cem vezes), enfim... a bela história do príncipe encantado, perfeito fisicamente e com uma personalidade fantástica, que nos faz tudo e nos salva da bruxa má.
Pois digo-vos: não há príncipes encantados!
Há homens, que são seres humanos como nós mulheres e a "bruxa má" que muitas vezes são as dificuldades da nossa vida, são para nós vivenciarmos essas experiências, não para sermos "salvas" delas.
Desde à dez anos para cá, que tenho percebido que não tenho um príncipe encantado. Tenho sim ao meu lado um homem que luta como eu para ser feliz, mas que optou por fazer essa caminhada comigo, aceitando-me como sou.
E eu faço o mesmo e, percebi que não vale a pena esperar que ele me ofereça "castelos encantados", eu própria vou buscar os meus "castelos" e levo-o comigo.
Faz aos outros, aquilo que gostarias que te fizessem. É uma grande verdade, que muitas vezes aplicamos a todos ao nosso redor menos ao nosso companheiro/ra. E depois esperamos recompensas...
Há um psicólogo americano, de quem tenho o maior respeito, afirma: " para os casais, tanto ele como ela, deve acordar de manhã e pensar: o que posso fazer hoje para tornar a vida dele/a mais feliz?"
É impossível dar e não receber. Pensem nisto... que eu vou para uma maravilhoso fim-de-semana!!!


3 comentários:

  1. Eu também sou do tipo de dar tudo sem esperar nada em troca. Mas às tantas também cansa dar tudo de nós sem receber nada em troca, nem sequer um obrigado ou um gesto meigo. Pior do que não nos darem os tais castelos com que sonhamos é destruírem os castelos que, a custo, construímos.

    Mas pronto, o fim-de-semana é de festa e é o que importa. Divirtam-se os dois!! :)

    ResponderEliminar
  2. Mas que lindo texto!! Fiquei babada com esse vosso Amor!! E curiosa para saber que raio de surpresa em versao fim de semana vai ser essa!!

    Beijinhos e um muito booom fim de semana!

    Claudia

    ResponderEliminar
  3. Ana: terás de certeza as devidas recompensas... não é é quando nós queremos! E depende de ti não deixar que destruam os teus castelos. beijinhos!!!

    ResponderEliminar