sexta-feira, 18 de maio de 2012

Isto de ser bailarina... ou melhor, caçadora de sonhos


Ser uma verdadeira bailarina tem muito que se lhe diga...
A uma semana (e um dia) do meu melhor espectáculo até hoje, que estou com os "nervos à flor da pele". O meu sono é assombrado por pesadelos, não saboreio a comida, não relaxo, estou mentalmente e fisicamente perturbada por um sentimento de insegurança que me consome a alma.
Sim... estou com medo... que ninguém apareça, que não esteja à altura das espetactivas que recaem sobre mim, que alguma coisa corra mal, enfim... passa-me um cem numero de cenários apocalíticos pela cabeça.
Mas, embora com toda a insegurança do mundo (sou humana) não deixo que isso leve a melhor. Vou realizar um dos meus sonhos que é subir àquele palco. Vou dançar com uma sensação de realização e com orgulho de mim própria, por ser uma caçadora de sonhos por mais distantes e difíceis que possam ser. Sei que estarão a ver-me pessoas que me respeitam e admiram o meu trabalho e sei que, alguns cépticos render-se-ao à beleza que é a Dança Oriental.
É meu objectivo não só realizar este meu projecto como artista mas também dignificar a Dança Oriental em Portugal, mostrar que HÁ excelentes profissionais - e este show só mostra alguns - que dão o sangue pela qualidade da sua dança e assim, esta merece ser mostrada nas grandes salas de espectáculo.
Por isso, deixo aqui de novo o convite... NÃO PERCA uma noite tão especial para mim, onde a minha dança irá reflectir 10 anos de carreira, 28 anos de dança, 32 de VIDA.

2 comentários:

  1. Todos nós, os que vamos estar do outro lado do palco, já sonhamos também e concretizamos alguns sonhos. Mas tenho a certeza que também todos nós uma vez outra já tivemos sonhos menos perfeitos...que se desviaram do pretendido. Vou saber apreciar o teu sonho da mesma forma, mesmo que algum imprevisto aconteça. Vais dar o melhor de ti e isso é tanto. Nem todos conseguem esse feito, de partilhar o melhor! Coragem e garra!Alexandra Diniz

    ResponderEliminar