segunda-feira, 5 de março de 2012

A minha cadelinha: NIKITA

Desde que me casei, que o meu marido queria que adotasse-mos um cão. Eu, por ter um medo cármico de cães sempre recusei... até ao inicio deste ano.
Agora que adotei uma cadelinha de 3 meses, vejo que será ela a ajudar-me a ultrapassar certas fobias e medos que trago dentro de mim. Adotá-mo-la como parte integrante da nossa família mas foi ela que nos escolheu, desde o primeiro contacto, através de uma química energética que não sei explicar nem definir.
Está há três dias connosco e é incrível a capacidade de aprendizagem que tem. Astuta e perspicaz, reage a toda a energia e atitude que lhe transmito, atravez da minha postura numa linguagem corporal. 
Embora me dê trabalho, dá-me objectividade e sentido de responsabilidade. Embora exija de mim, em troca dá-me afecto num amor incompreensível e incondicional. Obriga-me a viver o agora, a reagir e a saber liderar. ADORA-A, e sem lhe dizer, ela sabe disso...


Sem comentários:

Enviar um comentário