quinta-feira, 30 de setembro de 2010

A minha carta aberta a Deus

Deus:
escrevo-lhe esta carta do fundo do meu coração...
estou cansada... extremamente cansada...
desta sociedade e de como ela nos força a ter de ser quem não somos...
de lutar para seguir o meu caminho não esquecendo os meus valores...
de um mundo que me sufoca com mediocridade, inveja e ignorância...
estou farta...
de ser explorada: pelo governo meu país, pelo comércio, pelos bancos, por quem tem a ilusão que é meu patrão...
de trabalhar, mostrar que sei o que faço e no final poucos dão valor...
do preconceito e desprezo que há pela profissão de bailarina...
dê-me força...
para não desistir de mim própria...
para não ceder à ilusão materialista desta sociedade...
para continuar o meu destino com a mesma garra de que tinha, quando toda esta viagem começou...
para mostrar a todos, mas principalmente à minha própria família, que não sou doida, nem estou enganada...
para ter coragem e enfrentar o que for preciso para realizar os meus sonhos e ir mais além do que alguma vez sonhei...
ajude-me...
a crescer espiritualmente...
a ser sábia nas decisões...
a ter equilíbrio emocional e físico...
a ser forte nas minhas convicções...
a ter oportunidades de dançar e tocar corações...
a ensinar e transformar vidas...
proteja-me...
das ciladas da vida e do lobo vestido de cordeiro...
do amigo que me rodeia mas afinal não o era...
de mim própria...
e agradeço-lhe...
por ser quem sou...
por tudo que tenho...
pelo dom que me deu...
pelos verdadeiros amigos...
pelos alunos e pessoas que me dão valor...
pelos desafios e lutas pois assim não me acomodo...
pelo abrir de olhos que tenho tido...
Obrigado...


2 comentários:

  1. Querida Sara, sinto a energia das tuas palavras.
    Essa força está dentro de ti, não te entregues ao desânimo, manda-o embora. Tocas corações, sabes que sim, olha o que já me ajudaste a fazer ;) e a tantas colegas mais.
    E a ti própria, tens a coragem de viver o teu sonho.
    À nossa volta, o cenário pode estar algo cinzento, mas pensa positivo e verás que atrais energias positivas.
    Estou por perto, se quiseres.
    Beijos, gosto muito de ti.

    ResponderEliminar
  2. OI! Estou numa fase que chamo "passar pelo fogo", e sei que quando sair dela estarei mais lúcida... mas a passagem custa!E ter coragem para assumir essa lucidez ainda mais.
    Beijinhos...

    ResponderEliminar