Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Abril, 2021

Nós, Bailarinas e os nossos Pet`s

Há anos que estou para escrever sobre a relação que, nós bailarinas, temos com os nossos bichinhos de estimação. Hoje, provocado por um acontecimento recente na minha família fez-me repensar toda esta relação que construímos com os nossos pet`s. E acho que a palavra que melhor define o que acontece entre uma bailarina e um pet é mesmo esta: relação. Uma relação de amor profundo. De cumplicidade. De entendimento. De aceitação. De amizade. De ensinamento. Ter um animal na nossa vida é ter um companheiro leal, fiel, sem julgamentos. Para mim são Anjos da Guarda.  Na nossa família, "havia" três. A Nikita - a minha cadelinha, a Ashy - a cadelinha da minha irmã e o Brownie... que também era da minha irmã. E digo era porque faleceu de forma fulminante e sem ninguém estar à espera há poucos dias. Nunca, mas nunca pensei que doesse tanto. E não era o cão que vivia comigo... mas a ligação que construí com ele desde o primeiro dia que o vi (que foi antes da minha irmã ficar com ele) ia

Os Meus Professores - Parte I

 Em sequência do texto anterior neste, quero falar dos meus professores de dança. Ao longo de toda a minha vida, tive muitos mas vou destacar dois que tiveram mais impacto no meu percurso: a minha professora de Ballet e a de Dança Oriental. Tive 16 anos de Dança Clássica, passei por algumas professoras mas A MINHA professora, aquela que mais me marcou, ensinou e ajudou a ser também a professora que sou hoje, foi a Cristina Filipe. Lendária professora de ballet. Assertiva, líder, ética, uma autêntica professora (das antigas) de ballet e uma das mulheres mais inteligentes que conheço. Ensinou-me muito mais que técnica de ballet clássico. Ensinou-me a usar a inteligencia emocional e a dar voz às minhas opiniões. Ensinou-me que, se não nasceste com o "rabinho virado para a lua" tens mesmo de ir à luta e que há valores que não são negociáveis. Foi com ela, na sua academia, que tive o meu primeiro trabalho como rececionista e aí, fui aprendendo todos os bastidores de um negócio. Fo